24 fevereiro, 2010

Porque hoje posso dizer..



O video que estou a postar hoje, não é pela referencia do vou levar-te comigo, mas sim pela parte...
adeus companheiro, do fato rasgado, não estendas a mão, foge do passado... porque tenho motivos para dizer, a mim mesmo, adeus companheiro, do fato rasgado, não estendas a mão... mas nunca esquecerei o passado.

Será esta quadra que quero transmitir como um hino áqueles que aguentam provações muito dificeis, que suportam coisas inimagináveis, perdas horrorosas, mas continuam com a dignidade de se manterem em pé, suportando humilhações e ás vezes até provocações de pessoas a quem só se fez bem, mas a esses, apenas os ignoro, pois não merecem uma palavra a eles dirigida, pois são como vermes que mordem a quem os ajudou.

A todos aqueles que estiveram presentes na minha vida nas horas mais dificeis, que sempre abriram a sua alma e me deram a sua amizade, aqui deixo este "hino" dedicado a todos eles, pois sabem que estarão sempre no meu coração e nas minhas orações!

Um bem hajam e que Deus vos de multiplicado por 10 tudo o que deram de vós a quem precisa.

Não vou referenciar ninguem ainda neste post porque ainda nao será a altura, mas como sabem estao no meu coração e a parte do "vou levar-te comigo" é a verdade que só alguns sabem, e onde eu for ter, que esta cada vez mais perto, la estará um lugar para todos vós.

Beijos a quem é de beijos e abraços a quem é de abraços.

Miro

PS: dedicado também a uma amiga que ainda ha pouco tempo me dedicou uma quadra do Antonio Aleixo que dizia:

Porque o mundo me empurrou,
caí na lama, e então
tomei-lhe a cor, mas não sou
a lama que muitos são.


Muito obrigado a todos

2 comentários:

Amélia Pacheco disse...

Diz-se por aí que as pessoas que se atravessam nas nossas vidas só têm a importância que lhes damos.
Não é completamente assim, na minha opinião, porque muitas vezes marcam-nos profundamente e até deixarmos de lhes dar alguma importância sofremos p'ra caramba já para não falar de outras a quem não podemos deixar de dar importância!!!
Quanto aos "vermes" a que te referes, que me perdoem as minhocas e outros, esses não merecem a mínima preocupação.
É obrigação de todos Amar, Ouvir, Ajudar e Partilhar, só assim teremos um Mundo melhor e quem te conhecer sabe que não há nada a dizer no que toca à tua disponibilidade para Amar, Ouvir, Ajudar e Partilhar... Os "vermes" não te conhecem... nem a ti nem a ninguém e, como sabes, serão sempre uns infelizes... materialmente recheados (às vezes) e moral e espiritualmente áridos (sempre)... esquece-os porque tentam arrastar-te para a lama de que fala o Aleixo.
Continua a ser como és "gente com gente dentro".
Beijos

elsa disse...

A força é algo que muito poucos veem providos...tu tens essa força que te leva sempre a nunca perder aquela fé mesmo que as tempestades te possam assolar.....é simples sabes a origem e sabes para onde vais....é um prazer ter-te na minha vida....gosto de tu ....mas isso ja sabes ha muito ...muitoooo tempo.......para um amigo especial uma beijoka e um abraço daqueles meus até te estrafegar.... :) beijussss maneliiii da mariaaaa...lol