29 agosto, 2007

Coragem e dignidade

Quantas vezes caímos em situações que nos levam a pensar desistir, de abandonar tudo e partir noutra direcção, ou ás vezes anularmos-nos simplesmente?
Ontem, enquanto conversava com uma amiga, contei-lhe uma pequena história que talvez ajude as pessoas a relfectir um pouco.
Imaginemos que a casa onde fui feliz (viana do castelo), teve uma inundação e nunca mais pude disfrutar daquela casa como me aprazia, e que muito feliz me fazia, e que com as dificuldades financeiras que tenho tido, não deu para reconstruir a casa, e poder passar la uns fins de semana fabulosos como a uns anos passava.
Quando acontece essa desgraça, nós ficamos revoltados e muitas vezes somos capazes de nos virar para o céu, e dizer, mas porquê eu, que nada fiz de mal a ninguém, como quem diz entre linhas, não te estou a entender Pai (Deus).
Coninuamos desolados durante anos, e cabisbaixos porque começamos a perder muita coisas, e até aquilo que sonhavamos parece nao andar em frente, por mais fé que tenhamos, por mais oraçoes que façamos.
Imaginemos então que a tal casa onde fui feliz, a vou ter de vender, e se foi o unico lugar onde fui feliz, a dôr que isso me provocaria, pois, se ja tenho a minha vida esfrangalhada, com mais esta decisão, ainda ficaria com menos bases a que me agarrar, mas... Deus que escreve certo por linhas tortas, tem sempre razão, e...
imaginemos que um dia (como a minha casa fica nas margens e na foz do rio) há uma forte inundaçao e todos os que la habitam teem grandes problemas e alguns deles sao levados pela corrente e morrem? afinal o que é que Deus me ajudou? deixou que alguém mau fizesse de facto um trabalho de maldade, mas... com um final de um bem muito maior, para aquele que só tem feito bem, e que pelo que semeou, deveria colher bons resultados, e nessa altura, por causa da inundação que teve na casa e não voltou lá, nao estaria naquele sitio, e naquele momento, em que a catastrofe aconteceu.
Se repararmos, as vezes, Deus poe-nos a prova a nossa coragem, a nossa capacidade de ter a vida nas nossas maos em termos de pensamentos e obras, e nós a maioria das vezes permitimos que agentes externos, dominem a seu belo prazer, pelos condicionalismos materiais que nos poeem, e vergamos a nossa vida, em função desses bens materiais, que mais não são que adereços, que nao valem nada em caso de uma catastrofe, pois não se comem carros, não se comem casas, não se comem dvd's, não se comem plasmas, nem roupas de marca, nem a vaidade. Numa castastrofe, sobrevivem aqueles que estão prontos a abidicar de si em prol de todos, e não aqueles que esmagam os outros para sobreviver.
Imaginem que amanha, temos um terramoto ou uma catastrofe que nos faça perder tudo (e se repararem, estão a acontecer continuamente pelo mundo), e ficarmos sem bens de especie nenhuma? o que é importante perservar e o que é importante lutar? o que é importante ter? o que é importante ter ao nosso lado?
Bem, pela parte que me toca, quero ter os que me amam, aqueles que se abnegam a favor dos outros, pois nessa altura a sobrevivencia só é possivel, com imenso amor e carinhos entre os que cá ficarem.
Pensem bem na vossa vida, e decidam o que querem para ela, mas... as escolhas estão no limite... e quem escolhe o amor, tera amor, quem escolhe a matéria, terá matéria, mas... depois nao se queixem nos tempos que aí veem.
Beijos a quem é de beijos e abraços a quem é de abraços

Miro

23 agosto, 2007

Acredita em ti

Acredita em ti todos os dias
Não deixes que te apaguem a luz
Quero que sempre me sorrias
E que não vejas a vida como uma cruz

Confia no teu saber pleno
Pois ninguém é mais do que tu
E cada um de nós é eterno
e todos aprendemos o aeiou

ninguém e melhor ou pior
é fruto do seu conhecimento
e andamos com sofrimento
só para entender a dor

andamos a aprender dia a dia
tudo nos servirá de lição
seja um mestre seja um guia
ensinam-nos do coração

e isso faz a diferença
no caminho que percorres
aprendes com paciência
sempre até que morres

por isso neste momento
dizes a ti própria e assume
que ninguém é portanto
mais chama que o teu lume.

Beijos marias (Diana e Mané) serve para mais, mas este é dedicado a vós.

21 agosto, 2007

Como agradecer?

Há pessoas que nos surpreendem pela positiva, e outras pela negativa.
Um dia pensamos nós estar em pleno de nós com pessoas a nossa volta que pareciam ser as certas, lutamos por elas, damos o nosso melhor, e, depois, com o devido tempo, por motivos que pouco ou nada interessam, desaparecem da nossa vida, e pensamos ser o caos instalado, por tanto termos dado de nós, tanta entrega, tanto amor e dedicaçao, tanto abdicar de nós para os ver felizes e bem.
O tempo, esse é de facto o melhor conselheiro, é de facto o que nao controlamos, mas ele tem sempre razão, e as pessoas que julgavamos de alma nobre, de coraçao elevado, revelam-se e tornam-se (sabe-se lá porque) em alminhas pouco luzidias, a que se juntam almas mesmo negrinhas, e que por afinidades de pensamento ou de interesses comuns, acabam por se juntar.
Como já disse muitas vezes, a nossa vibraçao faz com que as pessoas certas acabem por chegar a nossa vida, e cada vez mais se vai tendo provas disso.
Quando pensamos que perdemos algo, com o devido tempo, acabamos por perceber que afinal foram percursos de vida, mas, perder de facto não perdemos, pois foi-nos posto a frente algo ou alguém que deveríamos ajudar a tentar encaminhar, mas que por opçoes delas proprias, seguem o seu destino normal, e acaba-se por perceber que essas pessoas, não quiseram aproveitar o que lhes foi oferecido de bandeja, e optaram pelo seu caminho real.
Passados tempos, acabamos por encontrar pessoas de alma muito elevada, de bem com a vida (apesar de sofridas), com grandes sorrisos de alma aberta, sempre prontas a ajudar o proximo, e capazes de serem elas proprias, sem deixar que algo ou alguém interfira na sua postura, nem nas suas opçoes de vida.
São de facto pessoas especiais, que nao conseguem ferir, que deteem grande honradez, que nada as faz demover do seu caminho, de grandes convicçoes, mas de alma pura.
Por isso, quando pensamos ter perdido alguma coisa, as vezes, pensamos mal, porque só se perde o que se tem, e nunca o que se parecia ter, e se ficarmos presos a isso, nao deixamos entrar na nossa vida, almas bem mais elevadas, sinceras, sem macula, incapazes de trair ou mentir, incapazes de nao abdicar delas em prol dos outros, repartindo o pouco que teem com aqueles que as vezes precisam menos.
Pela parte que me toca, só posso agradecer a Deus, ter-me posto a frente almas tão nobres, almas de afinidade, que vibram do mesmo modo, em que a luz as acompanha, como os sorrisos e a vontade de viver com alegria contagiante que as cerca.

Obrigado

Miro beijos a quem é de beijos

13 agosto, 2007

Duas sensibilidades

Priemira:

Recebi esta mensagem de uma criança de 12 anos que me tocou imenso e me faz acreditar ainda mais nas novas gerações que estão a chegar:

"Obrigado...

o k vou escrever vou escrever com o coraçao. . . ontem kuando a conversa k tiveste com a "xpto"(perservando eu a indentidade) de um certo modo alertou-me percebi como é o mundo e aprendi a nao cometer os erros dela ou de kualker outra pessoa. . . mas a verdade é k no momento as pessoas nao pensam em nada , fikam completamente iludidas e noutro mundo paralelo cheio de fantasia mas kuando acordam para a realidade é choke enorme. . Percebes?? OBRIGADO!! admiro mt a pessoa k tu es, e a maneira como tens soluçao para todos os problemas!
beijos
ines "

Com palavras destas só se pode mesmo acreditar num mundo melhor e mais pleno.
Obrigado minha querida pelas tuas sabias palavras, cheias de carinho.
Miro

Segunda:
Uma amiga mandou-me este video... acho que devem todos ver ate ao fim e talvez entendam por palavras de alguém aquilo que me farto de gritar e pouca gente ouve.
Um obrigado querida Diana.
Miro



Online Videos by Veoh.com

10 agosto, 2007

04 agosto, 2007

Momentos da vida

Hoje é um dia importante para ti
porque hoje é um dia que nao voltaras a viver
o que nao fizeste, e o que fizeste, o que aproveitas-te
será o que poderas contabilizar nestas horas que passam.
Hoje é um dia impostante para ti
porque os planos que fizeste te sairam furados,
mas em contrapartida, experimentas-te a onda da vida
aquela que pensas que controlas, mas não
a onda que pensas que dominas como se fizeras surf, mas não!
Hoje é um dia importante para ti
porque o que aprendeste, nao o podias ter aprendido ontem
nao ias aprende-lo amanha, porque amanha é outro dia
e outras liçoes te serão dadas, para que sejas mais forte
e consigas vencer os obstaculos que te poeem a frente
Hoje é um dia importante para ti
Porque o que amaste ou sofreste, foi emoçoes que tiveste
as emoçoes que nos tornam sensiveis, conhecedores
o que partilhaste ou não, o que deste ou não, o que recebeste ou não
no dia de hoje, era o mais importante para ti
Por isso, ama-te, e ama todos os dias, porque é de dias que é feita a tua vida inteira.

Miro

03 agosto, 2007