05 janeiro, 2011

2011

Todos nós desejamos sempre que o novo ano traga coisas boas, que melhore a vida das pessoas, que haja mais abundancia, que tudo corra bem de saude etc e tal.

Há uns tempos atrás, quando o Pinocrates dizia que estavamos a sair da crise, eu disse que ela ainda era o principio, e, quando j se falava em recuperaçao económica, eu disse que os problemas da economia ainda nao tinham batido no fundo, e que quando se descobrisse que as moedas nao valiam nada, que a coisa iria piorar.

Antigamente o critério para se imprimir moeda, eram as reservas de ouro que os vários paizes teriam em stock nos seus cofres, mas hoje, isso ja nao é verdade, hoje imprime-se papel sem mais nem menos, por critérios que só são razoáveis para os bancários, mas, só até certo ponto, porque se as pessoas se quiserem recercir dos seus depósitos, irão ver que os bancos ja nao possuem o dinheiro que eles la depositaram, e nao tem a haver com a crise, tem a haver com as especulações financeiras que a ganancia desses senhores durante muitos anos fizeram.

Volto a dizer, infelizmente a crise profunda ainda nao chegou, o dinheiro ainda circula, e, a verdade é que um dia destes, o dinheiro nao tera qualquer valor credivel, e nessa altura, quem mais possui, verse-a em dificuldades terriveis para se aguentar, pois habituados a mordomias, nao serão capazes de se aguentar.

Outra das coisas que eu fui dizendo, pelo que lia, é que quem muito mal fez, iria ter o retorno das suas acções, e elas podem vir de várias formas, entre elas doenças que a ciencia nao consegue perceber, envelhecimento precoce, entre outras coisas, e que algumas, na su maioria, são cada vez mais visiveis, muito embora, as pessoas que as sofrem, perguntem... porquê a mim???... no entanto elas sabem o 1que andaram a fazer durante muito tempo aos outros. Como já disse, não desejo mal a ninguém, e perdoo com facilidade, mas a minha revolta não esta em vingança, esta na estupidez das pessoas que tiveram escolhas, e podiam ter feito o bem, e fizeram mal, e, ás vezes, mal que já nao conseguem reparar nesta encarnação.

Outra das coisas que disse, e também pelo que vou lendo, é que as profecias falavam de aves a cairem dos céus mortas, so nesta semana ja foram varias, e em paises distantes uns dos outros, como EUA, BRASIL, EUROPA.

Os sinais estao todos aí, o caminho é nosso, ninguém pode fazer o caminho de ninguém, e todos temos de assumir as nossas falhas, e tentar melhorarmos todos os dias as nossas actitudes, pois o tempo está cada vez mais curto, e a cada dia que passa, o planeta nos mostra mais e mais, que esta a estrebuchar, que é um ser vivo, e que já não aguenta mais.

Só para termninar, quero que fique aqui registado, que tudo o que dei de mim, a ponto de me chamarem louco, lunático, maniaco, entre outros nomes e adjectivos que direi menos aprecitivos, tenho a minha consciencia tranquila, pois avisei, mostrei caminhos a seguir, ajudei o mais que pude e fui muito ajudado, e que a algumas das pessoas que dei de mim, mesmo aquelas que no sabem compreender que nao quero estar com elas, mas que nao lhes quero mal, apenas nao quero partilhar os meus momentos com elas, que todo o amor que dei, continua aqui dentro, guardado, e peço que Deus possa ter compaixao de todos.

Quando se ama alguém, no verdadeiro sentido da palavra, nunca se pode ganhar ódio por essas pessoas que amamos, nunca se pode querer mal a quem se ama, ou a quem se deu todo o amor que estava dentro do nosso peito, mas pode-se e no meu caso lamento mas nao consigo mais que isso, afastar essas pessoas, que nos fizeram mal do nosso convivio.

Sofrerei pelo sofrimento que irão ter, ficarei caído por ver cada um que caia, e se por acaso estiver ao meu alcance deitar a mao para ajudar, ajudo, mas de livre e espontanea vontade ir a procura, isso ainda nao sou capaz de fazer, talvez nas proximas encarnaçoes.

Estejam de olhos abertos ao que vos rodeia, percebam as mudanças, liguem-se espiritualmente ao Criador, e peçam benevolencia para os proximos tempos que aí vem, pois vão ser dolorosos.

Já agora vale e pena pensar nisto.

Miro

4 comentários:

Caio disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Sonhador disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
gloria leite disse...

Olá
Parabens
As palavras são murros qdo batem na consciencia, e as suas são bem fortes e gostei.A mensagem passa.
Compreendo o isolamento,resultante da desilusão,compartilho o sentimento, mas continue escrevendo, as sementes resistem e germinam, embora mtas vezes, não demos conta.
Um abraço da
formiguinha laboriosa
MG

gloria leite disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.