19 novembro, 2007

Publicidade desprezivel

Hoje, ia eu no meu carrito com o rádio ligado, e já farto de ouvir publicidade que até mete nojo dos bancos, acabei por ouvir uma que me arrepiou todo.
O cenário passa-se sobre um individuo que esta a comprar um carro, chevrolet, e que recebe um telefonema da sua esposa dizendo que a bolsa de aguas esta a rebentar, para que ele fosse com urgência transporta-la ao hospital, e o sujeito, personagem desprezível, fica a fazer de conta que esta com interferências no telemóvel, ao que o vendedor lhe diz onde assinar para comprar o carro, e portanto, é mais importante o carro que a vida da esposa e de seu filho, do que a merda do carro que ele ia comprar.
Com apelos a imoralidade destes, onde é que esta sociedade vai parar, e o que esperam que aconteça aos valores das pessoas? Quando o verdadeiro apelo é a desumanidade?
Enfim, não estou comprador de nenhum carro, para já, mas se estivesse, de certeza que não seria um carro daquela marca que eu compraria, pois para mim seria um presente envenenado, carregado de imoralidade aceite por quem defende a marca em Portugal.
Os publicitários, esses, foram perversos e imorais, mas, quem aceita este tipo de publicidade, é tão ou mais imoral que eles, e no fim, resta-me dizer... onde vai parar este planeta com estas mentes obtusas e porcas? Onde vai acabar este planeta com gente que dá menos valor a vida, a mulher e ao filho que a uma merda de um bem material? Onde vai parar este planeta cheio de gente crápula capaz de tudo fazer para tingir os fins?

Já agora vale a pena pensar nisto.



beijos a quem é de beijos e abraços a quem é de abraços.

Miro

1 comentário:

Shootingstar disse...

Realmente!!! Essa não ouvi, mas concordo perfeitamente com o teu parecer... infelizmente cada vez mais vemos que as pessoas amam as coisas e usam as outras pessoas... felizmente ainda não sou dessas e espero nunca ser. Adoro as minhas coisas, claro, mas amo mais as pessoas e isso nem sequer está em causa! Quemt eria sido o "génio" para inventar uma publicidade dessas?! Beijos e um bom fim-de-semana!