02 dezembro, 2008

Mini férias 4º e ultimo dia

No dia 1, saímos para cascilhas para irmos a um restaurante aconselhado pela filhota, mal la chegamos estava fechado, e ligo eu para ela a saber de mais algum, e a marota, traquinóide, diz-me que há um perto de casa dela de grelhados.. bem la fomos.

Mal lá chegamos, já estava ela a nossa espera, e entretanto chegou o André e a Ana que foram os tais ranhosos que me vieram trazer um convite para o cas´rio ao pedagua e nao me mandaram a foto com eles, e que é sempre um enorme prazer estar com eles.

La entramos e apanhamos uma secazita a espera de mesa, mas valeu a pena, os bifes eram muito bons. Com é o dia do meu aniversário, e é a primeira vez que o passo fora de portuscalem, nao havia bolo encomendado, ao que o nuno (matreirosamente) vai ter com uma das empregadas e pede uma ftia de bolo e uma vela, e faz a surpresa, não sem antes nos fartarmos de rir e trocarmos mimos uns aos outros.

Findo o almoço e despedidas feitas, seguimos até Coimbra para jantar no Hotel Carla's e Alvaro's, um pitéu excelente que a Carla preparou, que foi bem regadinho, e mais uma vez, os malandros pegaram num papo seco, enfiaram-lhe uma vela, e cantaram os parabens. Com amigos assim, ninguem vai para a cadeia.

Resta-me dizer muito obrigado a todos, pelo vosso amor, pela vossa sempre presença, e pela vossa amizade, que estará sempre no meu coraçao.

Mil beijos e mil abraços e até ja

PS: Falta-me só referir que a lua tinha mais duas luzinhas a volta dela, e embora as fotos nao reflitam a verdadeira imagem (obrigado Carla (shootingstar) pela mensagem para nós olharmos) o Nuno chamou-nos a atençao e la tentou uma foto quase impossivel de uma imagem maravilhosa.



Para o ano haverá mais... como ainda não sei, mas sei que mais gente virá porque mais amigos estão para vir... felicidades a todos e que Deus nos proteja e ampare.

Miro

2 comentários:

Ana Coelho disse...

vai ver: http://arhcoelho.wordpress.com/2008/12/02/nao-te-mando-por-c-porque-sou-bem-educada/

Nuno disse...

foram uns dias excelentes, principalmente pelas pessoas que nos rodearam, a única coisa que lhe tirava era o pé do acelerador principalmente á ida para baixo (e a chuva), obrigado por nos proporcionares estes dias. Para mim o melhor foi aprofundar relações com pessoas bonitas, ficou-me gente no coração o que nos dias que correm não é muito facil.