15 março, 2006

Escolhas

Na nossa vida todos os dias temos de fazer escolhas, e ás vezes, influenciados pelo nosso ego, decidimos ir pelo caminho que nos parece mais fácil e racional, e nao procuramos pensar bem no que estamos a fazer. Quantas vezes, esforços feitos durante anos, se deitam fora por termos feito escolhas desapropriadas, ou erradas, sem que as vezes nos dessemos conta, quando elas se nos depararam. As escolhas, como disse, temos de as fazer dia a dia, e, como sabemos que todos os dias devemos decidir, quer seja na nossa vida privada, quer seja na nossa vida profissional, deveríamos fazer também outras coisas que não fazemos, como por exemplo o balanço diário do que andamos a fazer, e se estamos a fazer bem. Se pensarmos um pouco, e pararmos meia hora por dia ou ate menos, para meditarmos um pouco no que andamos a fazer, e nas decisões que tomamos, se calhar, teríamos uma visão mais concreta do que andamos a fazer, e se o nosso ego não nos anda a pregar partidas, que sem dar-mos conta, embarcamos nas decisões que menos bem nos fazem.
É fácil usar-mos de comparações com os que nos rodeiam, é fácil avaliar-mos os outros (as vezes muito mal) porque achamos (o nosso ego e traiçoeiro) que somos melhores que A, ou que B, e que se A, esta de tal maneira, então eu poderia estar também ou ainda melhor porque sou melhor que ele, quando de facto, na maioria das vezes, é um erro crasso que cometemos, exactamente porque a humildade que assiste aos que são de facto bons, nos tolhe os sentidos, e só porque são simples e humildes, ja achamos que somos parecidos, ou até melhores que eles, quando as vezes sem dar-mos conta estamos a anos luz de distância, e teremos ainda um longo caminho a percorrer para lá chegar.
Essa avaliação errada, cega-nos, e na maioria das vezes leva-nos a fazer as opções erradas, e escolher os caminhos do ego, que por sua vez, nos enebria, e que nos leva a pensar, que afinal somos maiores do que o que nos fazem querer, mas ao mesmo tempo, subimos a um pedestal que é cheio de armadilhas, e é feito de canas podres, que quando damos por ela, caímos, e levantarmo-nos será sempre e cada vez mais dificil, pois cada dia que passa, perdemos resistencia para nos reerguermos.
É tão fácil alguém espevitar os nosso defeitos, ou seja, é tão fácil espevitarem-nos o ego, e manipularem-nos, fazendo-nos querer em coisas que nos são atiradas como objectivos para nós alcalçarmos com facilidade, quando na maioria das vezes, esses bajuladores, apenas querem alcançar os objectivos eles, pois a frustração de nao conseguirem pelos seu propeios meios atingir esses objectivos, procuram naqueles que sao mais capazes, a ponte de transporte para os lugares que eles proprios almejam, e mal estejam com o enquadramento certo, deixam ao abandono, aqueles que bajularam, pois ate se julgam melhores que os mestres que os ensinaram.
É o perigo de não sabermos parar e meditar, e olhar para o que nos rodeia, e ver as teias que nos tecem, e quando damos por ela, afinal ja a teia abranje quase tudo, e nao resta muito para conseguir desimpedir o movimento. Chamei-lhe teia, pois é assim manhosamente que as aranhas apanham as suas vitimas, mas poderia chamar-lhe songuisse, hipocrisia, filha da putice, egoísmo, mafiosos, etc e tal, mas, os nomes não são importantes, meditar todos os dias para nao cairmos em armadilhas, isso é!
Talvez porque ja me teceram muitas teias na minha vida, eu agora veja a verdade nas caras daqueles que hipocritamente e no silencio, manipularam a seu bel prazer, e nao goste de ver outras pessoas a passar pelo mesmo, pois em alguns casos a vida delas pode depender disso.

Beijos a quem é de beijos

Sou quem sabes Maria Alice

Miro

5 comentários:

Undisclosed disse...

O livre arbítrio é uma ferramenta que toda a gente usa...alguns não sabem é como a usar correctamente...um tijolo constrói uma casa mas também abre a cabeça a alguém...a diferença é a escolha que se faz...

Abraço

Focke-Wulf disse...

quem me dera ter poder de concentração para parar e ponderar...não tenho esse discernimento...aidna, espero vir a ter!

abraço companheiro

P.S.:desculpema ausencia prolongada

Anónimo disse...

Your are Excellent. And so is your site! Keep up the good work. Bookmarked.
»

Anónimo disse...

I say briefly: Best! Useful information. Good job guys.
»

Anónimo disse...

Your website has a useful information for beginners like me.
»