06 outubro, 2006

Hoje nao vou chorar

Estava eu a falar num chat com pessoas amigas, quando, por causa de problemas de vida de uns eu resolvi escrever um pouco sobre o que comigo de passa, e dizer o que me vai na alma. Escrevi isto para que as pessoas percebam que as vezes o nao se encontrarem, e o pior para o seu sofrimento, e por isso mesmo, resolvi explicar o que me acontece e que neste momento me cai tudo em cima. Perdi tudo o que tinha, mulher (namorada), filha (nao esta comigo, nem me faz questão disso), bens materiais (tudo penhorado), e neste preciso momento, restam-me mais uns dias com dinheiro para sobreviver. Ou seja, se eu ja tinha uma vida dificil, se eu ja achava que tudo o que passava era demasiado duro e dificil, tenho ums coisitas mais a poderem por-me a prova de resistencia, que se ja largava montes de lagrimas, então estas seriam as derradeiras, e deveriam ser o limite das minhas forças, pois, a minha filha fez anos, e eu liguei para desejar bom aniversario, mas depois..... como seria de esperar, la veio a conversa de que eu sou este e aquele, e etc e tal, quando, dei tudo o que podia, enquando podia, e ate o que ja nao podia porque pedi emprestado para lhe dar. A seguir, tenho a minha vida emocional feita num oito, porque a pessoa que amo, esta afastada de mim, por varias razoes, e, se calhar por mais aquelas que ela propria nao aceita, e como se nao nao chegasse, só tenho dinheiro para me aguentar mais uns dias, senao terei de vender tudo o que ainda consigo vender que nao esteja em meu nome.
Esta situação nao acontece por acaso, e é mesmo para me levar ao limite, para ver até que ponto eu tenho fé em Deus, e para ver se me resigno em relação ao que me acontece, ou se me revolto, pois, Deus apenas quer que nos elevemos moralmente, e pouco lhe interessa o resto.
Sei que estou a ser posto a prova mesmo no limite, sei que as dores, as magoas, as lagrimas que choro, são porque quero estar bem, quero ser feliz, quero poder ter paz, e nao consigo, nao me deixam, porque o que esperam de mim, é muito mais importante que o meu sofrimento, e sem provas, nao posso de facto estar a altura de receber o que terei de receber. Talvez pelo caracter das provas, talve pelo sofrimento que estou a passar no momento, talvez pela propria negação da pessoa que amo, talvez porque nada tenho a que me agarrar, talvez porque ate a nivel material me esteja a chegar tudo ao fim novamente, e portanto nada tenho que me alegre ou me de força, talvez porque nao tenha motivos para poder sorrir, talvez porque seja de facto nessas alturas de desespero e de descontrol que nos provamos o que somos e como somos, talvez porque é no limite que provamos o nosso caracter... talvez seja aí que provamos a nossa fé, a nossa confiança, a nossa crença, e acreditemos que de facto so por um motivo maior, poderiamos passar pelo que estamos a passar, so por um motivo muito forte estaremos a ser testados ao limite, pois Deus só quer o melhor para nós, mas naturalmente, teremos de merecer e aí é que ninguem quer as dores, ninguem quer o sofrimento, apenas querem os beneficios, mas as dores, sem certezas de nada, sem saber o que vai acontecer a seguir, essas ninguem as quer.
O problema é que amanha, quando a vida mudar, as pessoas poderão dizer, como é que aquele que estava no limite hoje esta bem? como é que aquele que nada tinha, que tudo estava amarrado, de um momento para o outr é intensamente feliz, e poder dizer.... que mesmo a pessoa que ele ama, que se queria afastar dele, que ja achava que nao se iria conseguir, como é que ele agora é feliz e reconstruiu a sua vida... pois meus amigos, ainda nao aconteceu, tenho a certeza que ira acontecer, e que Deus escreve direito por linhas tortas, e que só com fé é que se ultrapassa os problemas, e mesmo quando parece que nada esta bem (como é o caso neste momento), quando parece que tudo esta a correr ao contrario, a lei natural das coisas acontece, e toda a acção tem uma reação, e todo o que semeares, colherás.

Espero que isto sirva de alento aos que como eu sofrem muito, e são regeitados, nao porque tenham feito mal a alguem ou a quem os rejeita, mas porque, as vezes somos regeitados porque teceiros nao deixam que possamos ser felizes, porque a inveja e a maldicencia, e a maldade, sao armas que as vezes deixam grandes mazelas, mas nunca poderão vencer se nós estivermos com Deus.

beijos a quem é de beijos

Miro

10 comentários:

Luna disse...

"Hoje não vou chorar"
Desculpa é a primeira vez que entro no teu cantinho, mas perante o que escreves, não podia sair sem deixar uma palavra.
Uma palavra de apreço pela tua força interior num momento dificil.
Mas é como dizes estamos sempre a ser postos á prova, e é quando caimos, quando o chão nos é tirado, que descobrimos o quanto forte somos, o quanto podemos lutar, batalhar, depois costumo dizer " tudo passa,na vida tudo passa, e o que hoje parece não ter resolução amanhã ,não vou dizer que podemos rir da situação, pois não é o caso, mas pode ser guardado na caixa das recordações sem magoar, e ai a vida já despontou de novo, as magoas do coração são dificeis de passas, as emoções mexem muito com o ser humano.
Deixo-te um beijo de força para o teu caminho, que fico á espera que saioas vencedor

Leticia Gabian disse...

Miro,
Cheguei através do blog da Luna. Li seu comentário e fiquei curiosa.
Acho que só me cabe desejar que reuna todas as suas forças, todas as suas crenças e toda a sua fé, para se reestruturar, antes de mais nada, interiormente. Daí, a tendência é se arrumar o que está do lado de fora.
A força costuma ficar escondida, mas latente. Descubra como acioná-la e a use sem cerimônias.
Quero te ver bem e inteiro.
Beijo da Bahia

Anónimo disse...

Daquilo que depender de mim (e infelizmente não é muito, pois tb não sou ninguém especial), coragem e alento não te vão faltar. O esclerecimento que demonstras é uma verdadeira benção. Alimenta essa tua fé, com as "nossas leituras" e verás que cada dia que passa o sol brilha mais perto de ti...ainda que aos olhos dos outros a tua ascenção moral passe despercebida comparada com o passageiro declinio financeiro e amoroso.
Muita Paz...

"O Tempo"

Anónimo disse...

Tenho a certeza que preferes estares como estás e seres quem e como és, do que teres TUDO (bens materiais e afins)e não teres essa garra, essa fé, essa alma, essa esperança, essa certeza, esse coração de guerreiro, esse acreditar!...
Preferias ser uma pessoa podre de rica, teres tudo, e seres um "banana" ou seres quem és e estares a passar por esta experiência? :)
Venderias a alma ao diabo em troca da felicidade que tanto desejas e sabes que um dia terás? :P :))
Fica bem!
Deus escreve direito por linhas tortas...
Estás em metamorfose! Deus assim quer!
Da crisálida sairá uma linda borboleta!
E serás um testemunho importante para todos aqueles que possam passar pela mesma experiência...
Já imaginaste o ídolo que um dia serás??? (até já o és!:P)
TUDO de BOM!
Bjoca grande
>*<
carla



P.S. - Quero uma resposta :P :))

Feituxas disse...

Mano...

sempre tens um kantinho e um pratito aki em kasa :)

Beijos

Luna disse...

Bem estou novamente aqui, pois ontem não tive tempo, mas hoje estive a ler alguns dos postes que tens escrito.
E acho que vais sair vencedor, vais superar esta caminhada dificil, pois tens força interior, acreditas nas mudanças, abres a mão do que pensas justo, mas também muito importante, sabes reconhecer um erro e aprender com o mesmo, como já te disse tudo passa,e tenho a certeza que dentro de algum tempo os teus postes vão entrar em harmonia com o teu coração, que parece ser puro
Deixo que a minha mão de longe toque na tua , num gesto de amizade
beijos de bom fim de semana

Maggie disse...

Como é que se pode perder tudo assim?
Se calhar da mesma forma como se pode ganhar tudo de um dia para o outro!
Até ao lavar dos cestos ainda é vindima... e já deu para ver que não falta quem te queira bem.
Força!

Anónimo disse...

...e porque muitas vezes me sinto muito pequenina perante a grandeza dos teus textos, do teu acreditar com tanta força em Deus,e fico silenciosa lendo, lendo, lendo, relendo, e tirando alguns ensinamentos para a falta de senso que muitas vezes me assola nos actos impensáveis que pratico considerando-me uma pessoa de inteligência média :((, mas a vida da-nos ensinamentos diários, e lutas permanentes com a nossa consciência.
Quantas palavras poderia dizer, só deixo uma em que acredito, DEUS.
A emoção assola-me e não digo mais nada.
Um beijo com desejo de boa caminhada em busca da luz.

Maria do Mar

acbelix disse...

Espero que tenham entendido que eu nao desisti, e nao vou desistir, o que quis transmitir é exactamente, que no meio do meu desespero, estou firme e com a maior fé do mundo. Mesmo parecendo que tudo estava perdido, acredito que tudo vira de novo, e que um dia destes, estarei a desacansar todo o desgaste que tenho sofrido.
Para a mana feituxas, eu sei que tenho um cantinho e um pratito, mas sabes... se nao conseguir ser eu mesmo, nao vale a pena. Para a Carla... bem maria, ser crisálida é complicado, mas é uma aprendisagem, quando chegar a borboleta, espero que com as asas inteiras, nao é a beleza da borboleta que me fascina, mas o pensar no sofrimento das outras crisalidas, porque borboletas convencidas nao faltam nesta sociedade, e como estou farto de dizer... só se é alguém de se tem poder económico, e se mostra esse poder. se nao se tem, por muita capacidade e por muita sabedoria que tenhas, nao passas de um mendigo social, que nao sabes fazer nada. Como explicava hoje a um amigo, a minha situação é como se me amarrassem as pernas e os braços, e me mandassem andar e vencer uma batalha, e dessa maneira, acho que ninguem a venceria, mas pode-se pedir a quem esteja proximo, para ver se cortam as amarras, para me poder mexer, e aí, mesmo indo atrasado em relacção ao inimigo, poderei lutar e vencer. O meu problema é... que me tirem as amarras.

beijos

miro

Anónimo disse...

Não desista Miro, a malta está consigo!
Coragem!
Espero que este momento passe depressa e que em breve as coisas melhorem. O Miro tem muito força e estou a torcer para que dê a volta por cima.
Vá dando notícias. Dinheiro talvez se arranje algum também,
Abraço