04 novembro, 2006

Arrepiei-me

Senti necessidade de verificar na internet o que estou farto de tentar provar as pessoas, que a maldade das pessoas fracas, que querem vencer de qualquer maneira, fazem com que usem makumbas para conseguir os seus intentos, e como eu fui e sou ainda vitima dessas ditas makumbas, só conheço um meio de nos livrar-mos delas que é a oração constante a manter um pensamento sempre limpo de mas inclinações. bastou fazer uma pesquisa no Google, e logo me apareceram sites, referindo orações a S Cipriano, explicando como se fazem as amarrações, e as makumbas, que para os seres infelizes que nao são capazes de conseguir por mérito proprio os seus intentos, la tentam chegar da forma sem escrupulos, pensando que a factura do que fazem nao virá sobre eles, e pensando que ficam impunes ao que fazem. Estas simpatiasm são de facti possíveis, mas as pessoas que por este caminho entram, ficam em dívida para com quem pedem os favores, e um dia destes, eles veem cobrar, e nessa altura, esquecem-se do que pediram, e a factura dói imenso, enquanto que se soubermos aguardar em oração, vencemos esses makumbas, e se de facto as pessoas livres, nos amam, elas voltarão com o sentimento mais forte, e mais protegido.
Deus só permite que se faça o mal, com a intenção de fazer progredir as pessoas a quem o mal é feito, para que elas acordem para a espiritualidade e em oração de saibam defender, depois de limadas as arestas da nossa imperfeição, Deus jamais permite que alguem nos fala mal, e os nossos guias encaminharão todo o mal para os que o produziram, qual espelho reflector.

Vejam só o que as vitimas sentem com esse tipo de situações!!!!

Defendam-se

Miro

3 comentários:

Anónimo disse...

esta merda custa de caralho.
Isto não tem nada a ver com o teu texto mas como tu dizes "se não falo rebento"
Um gajo passa os dias e as noites a tentar construir algumas vidas e quanto mais faz mais coices leva e maior é a ingratidão. chega-se a um ponto em que apetece mandar tudo pró caralho mas não se pode porque há muita coisa em jogo.Apetece apagar os ultimos anos da vida mes isso também não é possível, apetece desaparecer mas há coisas que não se podem nem conseguem abandonar. Penso em todas as formas de fazer das pessoas que partilham esta vida comigo seres felizes e sendo essa a minha maior batalha sinto que tudo é em vão pois se as coisas se alteram é para pior e pior e pior, quando tudo o que quero é ver essas pessoas felizes. Sinto-me frustrado, inutil e cada vez mais sem esperança de conseguir o meu objectivo, mas contudo continuo a achar que esse é o meu carma pois por muito que queira e tente, se essas pessoas não forem felizes eu também nunca o serei.
desculpa estar anónimo, mas não me sinto bem para me identificar.
PUTA QUE PARIU ESTA MERDA

acbelix disse...

Não sei quem és, mas acredita que sei bem o que sentes, porque efectivmente é isso ue eu sinto também. Ver as pessoas que nos rodeiam felizes, é de facto uma meta de quem anda ca para fazer bem aos outros, mas como sabes, este planeta é um planeta inferior, e portanto, tem muito mais gente má que gente boa, o problema é que como leste no texto, ha pessoas tão más, que fazem amarrações a outras, tornando-as infelizes, no entanto elas nao se conseguem libertar deles e pensam que estão no máximo de felicidade, mas o pior ainda, é que nao estamos a falar de pessoas de pouca formação académica ou de pouca ou baixa cultura, estamos a falar de alguém que tem uma licenciatura, que é gerente de um balcão de um banco, e que fez uma amarração a alguém para poder atingir as suas metas, para poder conseguir os objectivos profissionais. Eles esquecem-se, que é tudo muito efémero, e que depois de conseguirem o que pretendem, vem a factura, e depois a queda é muito maior, muito mais forte, muito mais... justa!
Como estou farto de dizer, antigamente resolvia isto com um par de estalos num cabrao destes, mas.... esse par de estalos.... fazia com que a divida dele fique saldada, enquanto que se for a lei natural, bem... ele terá mais do que pediu, porque quando se semeia um grao de milho coolhe-se uma espiga, e neste caso... a cobrança vem.

Por isso e por mais umas mil razões, vale bem mais sofrer e fazer bem, do que ser feliz, temporariamente iludido com o mal que fez.
Tudo tem retorno na vida, e eu espero que o meu volte depressa.

Miro

O Tempo disse...

Realmente...obcessões encomendadas por internet.
Não basta apenas ter conhecimento da vida no além, é mesmo necessário que esse conhecimento seja acompanhado de uma elevação moral, caso contrário pode ser canalizado para usufrutos ainda mais nefastos. Que Deus dê aos nossos anjos da guarda o poder suficiente para combater essas trevas ao nosso lado!